12/07/2019 12:27:00

Seis deputados matogrossenses compõe a Frente Parlamentar em Defesa da Cultura Gaúcha

Gaúchos e não gaúchos, com quase 200 membros, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Tradição e Cultura Gaúcha, a “bancada da bombacha” será lançada no dia 07 de agosto no CTG Jayme Caetano Braun em Brasília.

Assim como o agronegócio, igrejas evangélicas e a indústria armamentista, a cultura gaúcha já tem uma bancada temática na Câmara dos Deputados, em Brasília. A iniciativa foi do deputado Ronaldo Santini (PTB), que conseguiu 198 assinaturas de colegas para protocolar o pedido de abertura da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Tradição e Cultura Gaúchas, a “bancada da bombacha”.

No dia 10 de maio, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, autorizou a instalação da frente. É um momento histórico que marca uma relação inédita entre entidades tradicionalistas e políticos que definem os rumos do poder no Brasil

“A reação dos deputados, especialmente os que não nasceram no Rio Grande do Sul, nos surpreendeu. Eles possuem uma afinidade com nossa cultura que eu nem imaginava”, afirma Santini, coordenador da frente. O também gaúcho Lucas Redecker (PSDB) é o vice-coordenador.

Entre os políticos que se comprometeram com a causa tradicionalista, seis são do Mato Grosso, deputado federal Doutor Leonardo (Solidariedade), Emanuel Pinheiro Neto (PTB), Nelson Barbudo (PSL), Neri Geller (PP), Professora Rosa Neide (PT) e o deputado Valtenir Pereira (MDB).

No Mato Grosso, o MTG – Movimento Tradicionalista Gaúcho, deverá reunir ainda em julho os deputados federais que compõe a bancada para apresentar sugestões e demandas do Movimento que possam agregar à todas os CTGs do Brasil. A entidade também espera contar com a presença de deputados estaduais, patrões de CTGs, coordenadores de regiões e prefeitos dos municípios que possuem centros de tradições gaúchas. Entre os que já confirmaram presença, o Deputado Estadual Dilmar Dal Bosco é um dos deputados que estão viabilizando a realização da reunião. O parlamentar é autor do projeto de lei nº 17/2019 , que dispõe sobre a regulamentação de práticas esportivas equestre, garantindo o bem estar animal, é a inclusão de provas de Laço Comprido realizado nos Rodeios Crioulos, como expressões artístico-culturais, passando a ser considerado manifestação do patrimônio cultural estadual.

A instalação da bancada será celebrada com uma festa gaúcha no CTG Jayme Caetano Braun, em Brasília, no dia 7 de agosto. Diversos artistas e personalidades do gauchismo se mobilizam para acompanhar o evento. Conforme a CBTG – Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha, dez representantes de cada MTG deverão estar presentes no evento.

 

 

 

Fonte: MTG MT

FOTOS DA NOTÍCIA Clique na foto para abrir